Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Início do conteúdo da página

DQBRN e Precursores

Publicado: Sábado, 30 de Mai de 2020, 17h46 | Última atualização em Sexta, 09 de Outubro de 2020, 16h14 | Acessos: 97

As armas de destruição em massa (ADMs) marcaram a história da humanidade a partir do século XX. Dado seu poder de destruição, as ADMs afetaram a correlação de forças entre os Estados, que deram início à construção de regimes internacionais para prevenir a proliferação dessas armas, concomitante à promoção de condições para o desarmamento dos arsenais existentes. No século XXI, especialmente a partir do ataque terrorista de 11 de setembro de 2001, o debate sobre o controle das ADMs ganhou nova roupagem. Deste momento em diante, no entendimento internacional, a principal ameaça a estabilidade do sistema viria da associação entre terrorismo e os chamados agentes precursores das ADMs; a saber, os agentes químicos, biológicos, radiológicos e nucleares (QBRN).

Sob o guarda-chuva temático “(D)QBRN e agentes precursores”, o Observatório Militar da Praia Vermelha realiza o acompanhamento de distintos eventos internacionais e nacionais relacionados às ADMs e aos seus agentes precursores, quer na vertente proliferação, não-proliferação, desarmamento e defesa. Ainda, busca-se aqui oferecer ao público análises sobre o trabalho realizado pelas organizações e agências internacionais e regionais comprometidas com essa temática. Finalmente, a área aqui apresentada dispõe de uma seção exclusivamente voltada para o estudo das capacidades do Brasil para responder a eventuais acidentes e incidentes envolvendo agentes precursores, bem como do vasto campo de pesquisas científicas e utilizações pacíficas desses materiais.

Veja mais [+]

Fim do conteúdo da página