Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Início do conteúdo da página

DQBRN

Publicado: Sábado, 30 de Mai de 2020, 20h35 | Última atualização em Sexta, 09 de Outubro de 2020, 19h15 | Acessos: 142

A história dos séculos XX e XXI é marcada pela descoberta, desenvolvimento e uso de agentes químicos, biológicos, radiológicos e nucleares para fins pacíficos e bélicos. Os exemplos mais conhecido do empenho desses agentes no teatro de guerra são as bombas nucleares de Hiroshima e Nagasaki, em agosto de 1945 e, mais recentemente, o uso do Sarin na guerra da Síria. Na esfera dos usos pacíficos, tais agentes constituem a infraestrutura da vida moderna com aplicações desde a geração de energia elétrica até a saúde. Dentre estes agentes, cabem alguns destaques caros aos dias atuais. Os químicos ainda figuram como a principal ameaça quando tratamos de usos intencionais - quer pelas mãos dos Estados, quer de atores não estatais em guerra, ou em ataques terroristas contra populações civis. Os biológicos, por outro lado, figuram como a grande ameaça não intencional. Especialistas são unânimes em dizer que quando se trata de epidemias e pandemias a questão não é saber se, mas quando ocorrerá. A área temática de Defesa e Desastres Químicos, Biológicos, Radiológicos e Nucleares (DQBRN) aborda esses e outros temas relativos aos usos pacíficos e militares dos agentes QBRN e seus precursores, bem como as ameaças intencionais ou naturais advindas desses agentes.

Veja mais [+]

registrado em: ,
Fim do conteúdo da página